Fotos a 3

Olá sou a Sara, tenho 35 anos e vivo em Braga. Namoro há 9 anos e estou noiva, e apesar de estar perfeitamente segura com o meu namorado e com a relação, a vida às vezes traz-nos surpresas que nunca esperamos que aconteçam.

Ilustração

 

Este Verão aconteceu algo sensacional e tudo começou com uma conversa num churrasco entre amigos. Enquanto os homens andavam entretidos a cozinhar, nós mulheres estavamos sentadas na conversa, e como sempre a falar no tema mais interessante, sexo…

 

Eu, como sempre, tenho a mania de falar demais e entre tanta conversa, disse as minhas amigas que estava a pensar fazer uma sessão fotográfica sensual para apimentar ainda mais a relação com o Carlos, o meu namorado.

Então a Monica como adora fotografar, disse que podíamos tentar fazer uma sessão entre nós, uma coisa simples, nada demasiado profissional… Combinamos encontrar-nos no fim-de-semana seguinte.

 

Estavamos as 3, eu a Olivia e a Monica, na esplanada onde tinhamos combinado encontrar-nos, pedimos umas caipirinhas e começamos a combinar como iríamos fazer a sessão… Quando olhei para o relógio, já passava das 18h e já tínhamos bebido uns copinhos a mais para aquela hora do dia, então a Monica sugeriu que podíamos ir para um motel que ela conhece com um quarto temático, para fazermos as fotos sensuais! Mesmo com aquele nervoso miudinho e com vergonha aceitei ir, afinal de contas estávamos só entre mulheres e ainda por cima amigas.

 

Quando entramos no quarto começamos a rir de tudo, estávamos muito nervosas, precisavamos descontrair, então a Monica sugeriu que eu e a Olivia vestissemos a lingerie que tinhamos levado para começar a sessão… Trocamos de roupa, fomos para a cama e fomos tirando as fotos uma de cada vez… Abrimos um vinho, começamos a beber e s rir entre uma foto e outra, até que a Monica disse que eu devia tirar fotos mais ousadas, mostrar mais o meu belo corpo, os meus seios enormes e lindos…

 

Então num momento bem rápido senti uma lingua no meu rabo, virei-me e era a Olivia toda alegre de tanto vinho,  que começou a fazer provocações… Aquilo excitou-me de um jeito proibido, mas muito bom, e sem resistir muito entrei na brincadeira e elas ficaram em silencio. Pus-me de pé, de frente para a Olívia enquanto a Monica ía dizendo o que devíamos fazer e fotografando. Fotos com a pele arrepiada, soutien desapertado e toda a expressão que meu rosto exibia… Em poucos minutos ela própria já se estava praticamente a masturbar com a cena.

 

A Olivia tirou-me o soutien e começou a passar a língua nos meus seios enquanto olhava pra mim e sorria com uma cara de safada e sedutora… A Monica que ia fotografando o momento, tirou as calças, abriu a blusa e foi para a cama também. Eu deitei-me e ela pediu-me para fechar os olhos e deixar ela fotografar as minhas expressões… Eu, que já estava cheia de tesão, acabei por ceder aos prazeres que elas me proporcionavam!

 

A Olivia começou a descer a boca pelo meu corpo, a beijar-me a barriga toda e depois subia e abocanhava-me os seios… Eu ofegava de tesão, mas elas não me deixavam fazer nada, apenas sentir o momento e todo aquele prazer!

 

Ao mesmo tempo que adorava também desesperava, não sabia o que fazer, mas queria aquilo até o fim, sem pudor nem limites.

 

Do nada senti a língua dela na minha boca, beijou-me intensamente enquanto com a mão arrumava-me a cuequinha para o lado, foi quando senti os seus dedos tocarem-me. Ao mesmo tempo que ela me sentiu toda quente e molhada, gemeu intensamente e beijou-me ainda com mais tesão, contorcendo-se toda!

 

O meu coração batia forte, o meu corpo parecia que ia explodir de tanto tesão, então ela desceu e sem rodeios enfiou-me dois dedos… Eu gemi tão alto que Monica parou os cliques e veio participar. Ela segurou-me nos braços enquanto a Olivia devorava-me com os dedos e a sua língua quente e gulosa… E eu pedia, eu precisava de mais e mais prazer dentro de mim, estava atordoada de tesão. A Monica pediu para eu me virar e ficar de 4, ela posicionou-se debaixo de mim e começou a chupar-me os mamilos enquanto a Olivia me chupava de 4, lambendo-me toda. Gritei alto de prazer!! Vim-me tantas e tantas vezes!!

 

Foi uma noite muito louca e intensa!!! O Carlos nem sonha sequer o que aconteceu, e isso deixa-me sempre excitada cada vez que penso.

 

Aumente ainda mais o tesão...

Comentários

Ainda sem comentários. Seja o primeiro!

O que pensa desta história? Deixe o seu comentário.

Arquivo de Histórias